quinta-feira, 28 de abril de 2011

UNIOGBIS: Tenente do Paraná viaja hoje para a Guiné Bissau

O 1º Tenente MOISES CESCHIN (ao centro da foto acima), da Polícia Militar do Estado do Paraná – PMPR, embarca hoje com destino a Bissau, capital da República da Guiné Bissau, para integrar o contingente policial brasileiro na missão da ONU naquele país africano – UNIOGBIS.
O Tenente Ceschin participou em outubro do ano passado do Estágio Preparatório no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil - CCOPAB, e já no mês de dezembro iniciou o processo seletivo para uma vaga na missão da Guiné Bissau. Em Março deste ano ele foi entrevistado, por telefone, por dois integrantes da missão, sendo um deles o próprio Senior Police Adviser, Coronel PMDF Nelson Garcia.
No decorrer do processo surgiram alguns entraves burocráticos, dentre os quais o valor liberado pela ONU através da Travel Authorization para a compra da passagem (USD 2500) não ter sido suficiente para a aquisição no prazo inicialmente estipulado para o embarque, 13 de abril, sendo necessário aguardar uma nova autorização.
Superados os obstáculos, o Tenente Ceschin inicia hoje seu tour of duty nas fileiras das Nações Unidas. A viagem começa à tarde em Curitiba e tem escalas previstas em Fortaleza e Lisboa. A previsão de chegada em Bissau é para as primeiras horas da madrugada de sábado.

Na foto abaixo podemos ver o Tenente Ceschin durante uma das instruções no CCOPAB em outubro de 2010.


Desejamos sucesso ao mais novo Boina Azul brasileiro!


quarta-feira, 27 de abril de 2011

UNPOL: Encontro de veteranos em Porto Alegre

As provas de seleção para missões de paz realizadas pela IGPM/COTER em Porto Alegre no início deste mês de abril proporcionaram um encontro inédito de veteranos Boinas Azuis, na sua maioria grandes amigos virtuais que ainda não se conheciam pessoalmente. Participaram do processo seletivo o Ten Coronel PMERJ André Silva Mendonça (veterano do Sudão), o Ten Coronel PMAL Eliano Ferreira Dias (veterano de Angola), o Major PMERJ Alexander Silva (Veterano do Kosovo), o Capitão PMSC Dhiogo Cidral (veterano do Haiti), o Capitão BMRS Arnaldo Hoffmann Neto (veterano do Timor Leste) e eu, Capitão Marco Morais (veterano do Haiti). Ou seja, tivemos representantes de missões no caribe, África, Europa e Ásia.
A troca de informações e de experiências durante os 3 dias em Porto Alegre foi muito proveitosa, pois as diferenças estruturais entre as várias missões, as atividades que cada Oficial exerceu e as situações pitorescas vividas no dia a dia de trabalho com policiais de vários países foram os temas preferidos sempre que o grupo se reunia.

Abaixo podemos ver, a partir da esquerda, o Major Alexander, o Capitão Cidral, o Ten Cel Silva, o Capitão Hoffmann e o Capitão Marco, durante os testes de condução de viatura 4x4.

Na foto seguinte vemos o Ten Coronel PMAL Eliano juntamente com o Coronel Freitas, da IGPM, o qual coordenou as atividades em Porto Alegre.


Ao final fiquei com a certeza de que um encontro nacional de veteranos seria uma oportunidade excelente para o aprofundamento do debate sobre a participação de policiais brasileiros em missões de paz da ONU, bem como para a produção de algum trabalho bibliográfico que sirva de fonte de consulta para os futuros UNPOLs.


Não custa sonhar!



sábado, 23 de abril de 2011

MINUSTAH: TCel Issa já está em Porto Príncipe

O Tenente Coronel Francisco Luiz da Fonseca Issa, da Polícia Militar do Estado da Bahia - PMBA, já está em Porto Príncipe para cumprir a sua jornada de 12 meses a serviço das Nações Unidas na Missão de Paz da ONU no Haiti - MINUSTAH.

O TCel Issa chega ao Haiti em substituição ao Capitão Honda, da Polícia Militar do Amazonas, o qual completou sua missão no final do mês de março. Por ser o Oficial mais antigo do contingente formado pelo Capitão Tadeu - PMERJ, Tenente Pujol - PMBA e Tenente Azevedo - PMPR, o TCel Issa passará a exercer a função de Comandante de Contingente (Contingent Commander).

O contingente brasileiro está completo, mesmo que momentaneamente, visto que a missão do Capitão Tadeu termina nesta semana.

Boa Sorte ao TCel Issa nas terras de Toussaint Louverture!

MINUSTAH: Operação apreende arma e munições

Os UNPOLs integrantes da Diretoria de Operações - DIROPS - da Missão de Paz da ONU no Haiti executam um trabalho diuturno de operações policiais conjuntas com o objetivo de apoiar a Polícia Nacional do Haiti - PNH - no combate à criminalidade no país.
Um exemplo disso foi a operação realizada na localidade de Leogane no dia 09 de abril, a qual contou com a participação de policiais de 10 diferentes nacionalidades, incluindo os nossos representantes: Capitão Tadeu, da Polícia Militar do Rio de Janeiro - PMERJ, e o Tenente Pujol, da Polícia Militar da Bahia - PMBA. A foto abaixo mostra o momento em que os UNPOLs se preparavam para a missão. Podemos ver o Capitão Tadeu, de boné, apontando um objetivo no mapa e o Tenente Pujol ao fundo, sem cobertura, ao lado de um UNPOL canadense.


A operação contou com a presença de policiais hatianos integrantes da SWAT PNH (1ª foto), bem como de policiais da FPU (Formed Police Unit) da Jordânia, os quais aparecem na segunda foto ao lado de munições de vários calibres apreendidas pelos UNPOLs.

Ao final, um representante da PNH, juntamente com um UNPOL e um representante do poder judiciário haitiano contabilizam as apreensões feitas, dentre as quais destacamos várias munições de calibre 9 mm e uma arma automática. Não encontrei referências no site da MINUSTAH sobre a submetralhadora apreendida, mas pelas características presentes na foto abaixo trata-se de uma UZI.
Fotos: Victoria Hazou UN/MINUSTAH

quinta-feira, 21 de abril de 2011

União Européia quer o Brasil em suas missões de paz

A União Européia está em tratativas com o governo brasileiro com o intuito de que o Brasil passe a integrar as missões conduzidas pela UE na África, Leste Europeu e no Oriente Médio.
A Chefe da diplomacia européia, Catherine Ashton, virá ao Brasil em maio e deverá propor ao governo Dilma Rousseff a assinatura de um acordo com esse propósito.
A UE lidera atualmente missões de manutenção da paz em nove países, dos quais destacamos Somália, Bósnia, Kosovo, Congo e Afeganistão.
Segundo o site Folha.com, o contato inicial da União Européia com o Brasil foi feito em julho do ano passado por meio de uma carta enviada ao então chanceler Celso Amorim.
O acordo deve prever a participação brasileira em diversas àreas que vão do envio de tropas à utilização de policiais e profissionais da área jurídica.
A maioria das missões conduzidas pela UE, exceto a missão naval na Somália, tem caráter de manutenção e construção da paz e tem como objetivo reconstruir o Estado de direito e treinar militares e policiais dos países auxiliados. Embora se assemelhem às missões da ONU, trabalham de forma independente e sob responsabilidade do bloco.
Caso o governo brasileiro decida participar de alguma das missões da União européia, a questão terá de passar pela análise e aprovação do Congresso Nacional.
Fonte: Site Folha.com

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Darfur: UNPOL de Serra Leoa é morta em ataque rebelde

Um comboio formado por militares e UNPOLs pertencentes à UNAMID foi atacado por homens armados na terça-feira da semana passada (05) quando retornavam a sua base após cumprir uma missão rotineira de patrulhamento na região de Kutun, no norte de Darfur. Os boinas azuis revidaram e abriram fogo contra os agressores. Durante a troca de tiros um agressor foi atingido e morto, no entanto um veículo com 03 UNPOLs femininas foi sequestrado pelo grupo armado.

Logo após o ataque o veículo das policiais foi abandonado pelos sequestradores, no entanto, quando os Boinas Azuis chegaram ao local uma das UNPOLs, de Serra Leoa, já estava sem vida e as outras duas estavam feridas, sendo uma delas em estado grave.

O Secretário Geral da ONU, Ban Ki Moon, condenou o ataque aos Boinas Azuis e pediu que o governo de Khartoum indentifique e puna os responsáveis. O Secretário Geral reafirmou, ainda, o firme propósito das Nações Unidas em permanecer em Darfur o tempo necessário para assegurar que a população possa viver em um ambiente de estabilidade e segurança.

Ainda consternados com o ocorrido, os integrantes da UNAMID realizaram uma cerimônia para prestar as últimas homenagens à colega com quem conviveram por mais de 2 anos em Darfur. Na foto abaixo podemos ver o momento em que o Police Commissioner, James Oppong-Boanuh (Ghana), depositou uma coroa de flores em memória da UNPOL de Serra Leoa.



Foto: Albert Gonzalez Farran - UNAMID

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Timor Leste: Presidente critica permanência de tropas até 2020

O Presidente timorense, José Ramos-Horta, concedeu entrevista hoje (14) reafirmando que o prazo máximo estabelecido para que as tropas militares australianas permaneçam no Timor Leste será 2012. A declaração de Ramos-Horta foi dada em resposta a uma recomendação do Australian Strategic Policy Institute, para que militares ficassem até 2020. O Presidente timorense destacou que a situação no Timor Leste é satisfatória e também lembrou que por decisão do Conselho de Segurança da ONU, em comum acordo com a Missão das Nações Unidas - UNMIT, as tropas estrangeiras serão retiradas do Timor Leste em 2012, depois das eleições presidenciais. No último dia 26 de março a Representante Especial do Secretário Geral da ONU no Timor Leste, Ameerah Haq, e o Primeiro-Ministro timorense, Xanana Gusmão, assinaram os documentos relativos à transferência de responsabilidade policial da UNPOL para a PNTL. Este ato deu início à contagem regressiva para a retirada da UNMIT do Timor Leste. Em seu pronunciamento de hoje, Ramos-Horta disse que “são menos de 500 homens e mulheres na Força de Estabilização Internacional, e apenas duas companhias são operacionais. As outras são de serviços de apoio e isso mostra que a situação é de calmaria no Timor Leste”. Por outro lado, o Presidente admitiu que existe áreas onde ainda há aspetos a melhorar, especialmente nas áreas de forças policiais e militares. Mas, segundo ele, esses esforços devem partir do Estado. “Acredito que, no decorrer deste ano, vamos consolidar ainda mais a reforma das instituições de defesa e segurança, modernizá-las e profissionalizá-las”.


segunda-feira, 11 de abril de 2011

Missões de Paz: 04 Capitães da Brigada Militar aprovados pela IGPM/COTER

Na semana passada estive em Porto Alegre realizando as provas de avaliação aplicadas pela IGPM/COTER com o intuito de selecionar Oficiais das polícias militares brasileiras voluntários para integrarem missões de paz das Nações Unidas. Compareceram 20 Oficiais oriundos dos Estados de Alagoas, Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Foram 14 aprovados, dentre os quais quatro Oficiais do Rio Grande do Sul. Este foi o melhor resultado obtido pela Brigada Militar desde o início do sistema de concursos para o preenchimento de vagas para a United Nations Police – UNPOL. Foram cinco inscritos e apenas uma reprovação. Isto demonstra o interesse dos Oficiais da Corporação na busca do constante aperfeiçoamento técnico-profissional, compreendendo a importância de agregar o estudo de um idioma estrangeiro ao processo de preparação para os eventos internacionais que o Brasil sediará em breve: A Copa das Confederações 2013, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016. Afinal, não é sempre que temos a oportunidade de fazer um intercâmbio de 12 meses em um país estrangeiro, realizando uma verdadeira “imersão” no idioma inglês, com as despesas custeadas pelas Nações Unidas. Convivendo com policiais de diversos países, aprendendo sobre suas instituições policiais, seus costumes, cultura e religião, exercitando a tolerância e a convivência pacífica entre os povos no dia-a-dia do trabalho UNPOL nas Missões de Paz no Haiti, Timor Leste, Sudão e Guiné Bissau. Na foto abaixo podemos ver os Oficiais da Brigada Militar aprovados, logo após concluírem a última etapa da prova de tiro. Da esquerda para a direita, Capitão Marco Antonio dos Santos Morais (3ºBOE – Passo Fundo), Capitão Arnaldo Hoffmann Neto (11 BPM – Porto Alegre), o Capitão Átila Mesadri Pezzeta (29 BPM – Ijuí), e o Capitão Laudemir da Rosa Gomes ( 1º BPAF – Uruguaiana).

sábado, 9 de abril de 2011

Missões de Paz: 14 Oficiais aprovados em Porto Alegre

Na semana que passou foram realizadas em Porto Alegre as provas do processo seletivo da IGPM/COTER que visavam selecionar Oficiais das Polícias Militares voluntários para integrar as Missões de Paz da ONU no Haiti, Sudão, Timor Leste e Guiné Bissau.
Um fato inusitado ocorreu nessa etapa da seleção, pois as provas, inicialmente previstas para serem realizadas nas cidades de Porto Alegre e Manaus, tiveram de ser canceladas na capital amazonense por falta de candidatos. A única candidata inscrita para as provas em Manaus, uma Tenente da PMERJ, teve sua inscrição transferida para Porto Alegre.

Os 20 Oficiais que compareceram ao Colégio Militar de Porto Alegre foram recepcionados pela equipe da IGPM composta pelo Coronel Freitas e pelo SubTenente Rossi. Primeiramente todos foram convidados para um café da manhã com o intuito de "quebrar o gelo" e tentar descontrair um pouco os candidatos naqueles momentos que antecediam a realização das 4 provas de inglês (Compreeensão de Texto, Listening, Relatório e Entrevista). As provas foram realizadas por 3 Oficiais do quadro de professores de inglês do Colégio Militar de Porto Alegre.

As 3 primeiras provas foram realizadas no período da manhã, sendo que 06 Oficiais foram reprovados, em sua grande maioria, na prova em que deveriam produzir um relatório sobre uma ocorrência de sequestro após ouvir um CD com o áudio da ocorrência. Os 14 aprovados foram submetidos à entrevista no período da tarde e todos obtiveram êxito nesta prova que visava verificar a fluência dos candidatos no idoma inglês durante um diálogo com uma das avaliadoras.

Na quarta-feira os candidatos foram recepcionados no quartel do 3º Batalhão de Comunicações do Exército - 3º BCom - para a realização da prova de condução de veículo 4x4. A primeira etapa foi a prova de balisa com a realização e deslocamentos com marcha à frente e marcha à ré, tendo a obrigatoriedade de realização de dois estacionamentos com marcha à ré.


Já a segunda etapa previa a condução da viatura em terreno acidentado com a obrigatoriedade de acionamento da tração 4x4. Para tal procedimento havia a necessidade de desembarcar da viatura em determinado momento do percurso e realizar a troca de tração junto às rodas dianteiras do veículo.



No terceiro e último dia, também no 3º BCom, os candidatos realizaram quatro provas distintas relativas ao uso de arma de fogo. A primeira prova consistia na desmontagem e montagem do armamento em um tempo máximo de 5 minutos. Na segunda o candidato deveria realizar uma manutenção de 1º escalão no seu armamento também tendo como tempo máximo 5 minutos, conforme as fotos abaixo:

Após a realização das duas provas de manuseio do armanento, os candidatos foram levados ao estande de tiro para a realização das duas últimas provas que consistiam em duas sequências de 5 disparos a 5 metros e a 7 metros do alvo. Para a aprovação eram necessários, no mínimo, 4 impactos no alvo em cada sequência de tiro. Todos os candidatos foram aprovados.

Opinião unânime entre os candidatos, principalmente aqueles que já haviam participado de outros processos seletivos, foi a ótima recepção por parte da equipe da IGPM e também pelas unidades do Exército, CMPA e 3º BCom, que não mediram esforços em bem atender aos candidatos e proporcionar as melhores condições para a realização das provas, inclusive oferecendo um farto coffee-break em todos os dias do concurso.

Abaixo a relação completa dos aprovados:


BMRS

Capitão Átila Mesadri Pezzeta

Capitão Arnaldo Hoffmann Neto

Capitão Marco Antonio dos Santos Morais

Capitão Laudemir da Rosa Gomes

PMSC

Capitão Dhiogo Cidral de Lima

Capitão Jonas Airton Peres Binder

PMERJ

Ten Coronel Andre Silva Mendonça

Major Alexander Silva

1º Tenente Rodrigo Queiroz Armindo

PMAL

Ten Coronel Eliano Ferreira Dias

PMESP

1º Tenente Karin Yuki Sakamoto de Azevedo Lopes

1º Tenente Renata Silva da Cunha

PMMT

1º Tenente Frederico Correa Lima Lopes

1º Tenente Ricardo de Almeida Mendes


Parabéns a todos os veteranos e novatos aprovados em Porto Alegre!