domingo, 2 de maio de 2010

UNPOLs da América do Sul


Consultando o site da ONU podemos obter muitas informações e dados estatísticos a respeito das Missões de Paz em andamento. Entre os dados disponíveis encontramos a lista atualizada em 31 de março deste ano dos países contribuintes com policiais e militares para as missões. Com base nesta lista constatamos que apenas 05 países sulamericanos contribuem com policiais para as Peacekeeping Operations atuais. Dentre estes países, nós brasileiros podemos nos "orgulhar" de estarmos na "honrosa" quinta colocação. Veja os números abaixo:

Colômbia - 34 policiais
Argentina - 23 policiais
Uruguai -17 policiais
Chile - 15 policiais
Brasil - 11 policiais
Cabe destacar que entre os 23 policiais argentinos está o comandante da Polícia da ONU na MINUSTAH - Missão de Paz das Nações Unidas no Haiti - o Police Commissioner Geraldo Chaumont(foto).
Onde está a tão falada liderança brasileira na América do Sul?
Fonte: site da ONU

4 comentários:

Tadeu disse...

11 brasileiros??? ao que me consta, são 4 no Haiti, 2 no Sudão e 3 no Timor Leste... fazendo um total de NOVE!!! tem mais alguém????

Cap Marco disse...

Tadeu
Ocorre que a ONU contabiliza somente quem está apresentado na Missão. Como os dados são do dia 31de março, você ainda não constava, então o total é o seguinte: 03 no Haiti(Algenor, Couto e Honda); 02 no Sudão e 06 no Timor Leste.
O irônico é que em poucos dias seremos menos ainda, pois 04 UNPOLs do Timor embarcam de volta ao Brasil no dia 08 de maio e os substitutos, até onde sei, ainda não receberam a travel authorization.

Grande abraço!

PS: você já está em Porto Príncipe? Mande notícias e fotos para que possamos divulgar o trabalho de vocês.

Cap Marco

paulo disse...

Temos mais 3 na Guiné Bissau

Cap Marco disse...

Paulo

Sim, eu sei que temos 03 policiais na Guiné Bissau, inclusive 01 aqui do RS, o Capitão Osório.
Ocorre que nos documentos oficiais da ONU a respeito das missões de Paz em andamento não encontrei nada sobre a UNIOGBIS. Não sei o motivo, mas a ONU não considera a UNIOGBIS uma Peacekeeping Operation.

Grande abraço

Cap Marco